segunda-feira, 2 de março de 2009

Gringos falando Português.

Estava Diana com uns amigos em uma festa no sábado à noite, em um clube novo num bairro próximo ao curso de alemao. Todos felizes e saltitantes, alguns dancando loucamente, outros morrendo de vontade de dancar loucamente, porém com vergonha pois a boate nao estava muito cheia e todos veriam, e tinha uma mulher sorridente com uma câmera gigante fazendo fotos de tudo e de todos. Uma bela hora, Vanessa resolve ir ao banheiro, e pede a Diana que a acompanhe. O banheiro da boate era numa porta da mesma cor da parede, e parecia uma coisa meio Harry Potter Plataforma 9 1/2, porque qualquer pessoa que abrisse aquela porta pela primeira vez se sentiria meio estúpida com medo de empurrar e nao acontecer nada. O banheiro era pequeno, entao Diana decidiu esperar por Vanessa do lado de fora do banheiro, sentada em um banquinho, nao que ela estivesse cansada, mas porque parecia uma boa idéia. O banquinho ficava perto da porta da boate, entao mal Diana sentou, entrou um cara moreno, alto, de cabelo comprido escuro, usando óculos e um terno. Tinha um rosto bonito e simpático, e olhou para ela e perguntou em inglês "trabalho novo?" ao que Diana riu e respondeu: "É, você já pode ir pra casa." Era o seguranca da casa, e a Diana estava sentada no banquinho dele. Morrendo de vergonha e de vontade de sair correndo, Diana ficou e nao recusou a conversa que ele puxou, a qual será transcrita abaixo, no respectivo idioma original:

Mann: Und woher kommen Sie?
Diana: Aus Brasilien.
Mann: Brasilien? Porra!
Diana (com cara de choque): Wie bitte?
Mann: Porra!
Diana: Hahahahaha!
Mann: Tut mir leid. Es ist das einzige portugiesische Wort, dass ich weiß.
Diana: Ah so...
Mann: Ich habe ein paar prasilianische Freunde, und wir spielen Fußball zusammen, und sie sagen "Porra" jedes mal. Und ich habe meinen Freund gefragt, was bedeutet "Porra"? Und er hat mir gesagt, es ist wie "Scheiße".
Diana: Nein, "Scheiße" ist "Merda".
Mann: Ach ja! Merda und Carajo!
Diana (tapando os ouvidos): Mein Gott! Stop! Stop!


E agora, a traducao:

Homem: De onde a senhorita vem?
Diana: Do Brasil.
Homem: Brasil? Porra!
Diana (com cara de choque): O quê?
Homem: Porra!
Diana: Hahahahaha!
Homem: Desculpa, é a única palavra em Português que eu sei.
Diana: Ah, tá...
Homem: Eu tenho alguns amigos brasileiros, a gente joga futebol juntos, e eles dizem "Porra" toda vez. E eu perguntei ao meu amigo, o que significa "Porra"? E ele disse, é como "Scheiße" (xaisse).
Diana: Nao, "Scheiße" é "merda".
Homem: Ah, é! Merda e Carajo*!
Diana (tapando os ouvidos): Meu Deus! Para! Para!


Sabe-se que nao é uma história com um linguajar muito culto ou rebuscado, mas achamos que valia relatá-la aqui, para o devido entretenimento dos senhores.

A Direcao.


* Ele falou assim mesmo, como em Espanhol.

Um comentário:

Buguela e o Sonho Feio disse...

hahahahahahaha

adorei!


p.s.: adoro casamentos! e eu me sinto "idosa" do meso jeito. =)

=*